A administração municipal faz reunião para pensar ações de conscientização contra maus-tratos, abandono e possibilidades de castração em Urubici

Na noite desta terça-feira (27), a Prefeita Mariza Costa, juntamente a Secretária de Turismo Marinês Walkowski, a Coordenadora das agentes de saúde Carolina Padilha e representantes da ONG Patas Protegidas, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros de Urubici, se reuniram para pensar ações de conscientização contra abandono e maus-tratos aos animais, que são constante em nosso município, como também sobre o cadastro para castração dos animais.

Quanto as castrações, as ações já iniciaram, as agentes de saúde do município estão realizando o cadastro das famílias, as famílias que cumprirem os critérios serão prioridade para receberem a castração de seus animais. Aguarde sua agente de saúde ou entre em contato para cadastro.

Quanto a prática de atos de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados é caracterizado como crime, de acordo com a Lei Federal n° 9.605/98 artigo 32 e lei Municipal218/04.

Além da violência, existem outras ações às quais cabe punição. São elas:
- Abandono; Agressões físicas, como: espancamento, mutilação, envenenamento; Manter o animal preso a correntes ou cordas, em locais não arejados – sem ventilação ou entrada de luz; Manter o animal trancado em locais pequenos e sem o menor cuidado com a higiene, desprotegido contra o sol, chuva ou frio; Não alimentar o animal de forma adequada e diariamente; Não levar o animal doente ou ferido a um veterinário; Submeter o animal a tarefas exaustivas ou além de suas forças; Utilizar animais em espetáculos que possam submetê-los a pânico ou estresse; Capturar animais silvestres.
A própria comunidade pode fiscalizar e denunciar quem esteja maltratando seus animais domésticos. Para registrar uma ocorrência de maus-tratos você, cidadão, maior de 18 anos, pode tomar uma das seguintes providências:
- Se dirigir a uma Delegacia de Polícia e registrar o Boletim de Ocorrência;
- Ligar para o número 181 e realiza denúncia;
- Acessar o site da Delegacia Virtual de Santa Catarina e escolher a opção “MAUS-TRATOS CONTRA OS ANIMAIS”. Se você deseja que esse fato permaneça anônimo deve escolher a opção “DENÚNCIA ANÔNIMA”.

Fonte: Assessoria de Imprensa - Josi Menegaz

Data de publicação: 28/07/2021

Créditos: Josi Menegaz

Compartilhe!