Urubici é um município do estado de Santa Catarina, no Brasil. Localiza-se a uma latitude 28º00'54" sul e a uma longitude 49º35'30" oeste, estando a uma altitude de 915 metros. Sua população estimada em 2010 era de 10 702 habitantes. Possui uma área de 1019,1 km². No cume do Morro da Igreja (1.822 metros), o ponto mais alto habitado do sul do Brasil, localizado no município, foi registrada, extra-oficialmente, a temperatura mais baixa do país: −17,8 °C, em 29 de junho de 1996. Urubici também é conhecida pelas suas diversas belezas naturais, estando incluída no Caminho das Neves.

Localizada no Vale do Rio Canoas, Urubici, a Terra das Hortaliças, é o maior produtor de hortifrutigranjeiros de Santa Catarina. Também se destaca pelo cultivo de maçã, especialmente com a variedade gala. Outro aspecto importante é o cultivo de erva-mate, produto básico do tradicional chimarrão, e apreciado nos países do Mercosul. Com paisagens muitas vezes comparada à Europa, Urubici está situada no ponto mais elevado de Santa Catarina, possuindo Inúmeras as cascatas. Um exemplo é a Cascata do Avencal, com água despencando em queda-livre a mais de 100 metros de altura.

Outro local de destaque é o Morro da Igreja, com 1 822 metros de altitude, que permite enxergar todo o Litoral Sul Catarinense. Nesse morro, encontra-se a Pedra Furada, uma escultura natural em forma de janela. Outros atrativos turísticos são as inscrições rupestres dos tempos das cavernas, na Serra do Corvo Branco, a Gruta Nossa Senhora de Lourdes e a Igreja Matriz Nossa Senhora Mãe dos Homens.

Etimologia
Existem várias hipóteses etimológicas para o topônimo "Urubici":

deriva do termo da língua geral paulista urubysy, que significa "fileira de urubás" (uruba, urubá + ysy, fileira);
deriva do termo tupi urubuysy, que significa "fileira de urubus" (urubu, urubu + ysy, fileira).

Geografia
As montanhas da Serra Catarinense, região com altitudes próximas aos 1 800 metros, registram as temperaturas mais baixas do Brasil. Foram os fazendeiros da região que criaram o turismo rural, adaptando suas fazendas centenárias para receber hóspedes.

A Serra Catarinense é a região mais fria do Brasil, sendo o único lugar do país onde neva todos os anos , mesmo que por poucos dias, durante o inverno. A paisagem de araucárias, campos e taipas (muros de pedra basalto) cobre-se inteiramente de branco e até as águas das cachoeiras podem congelar. Cascata do Avencal é um ponto turístico da cidade, possui queda de água de cem metros, é bastante utilizada para a prática do rapel. Fazendas centenárias, a cultura gaúcha, a culinária campeira, cavalgadas complementam o cenário da natureza agreste da Serra Catarinense.

Acessos

Acesso pelas rodovias SC-430 ligando o município à rodovia BR-282 em Bom Retiro. Pelo sul, há a SC-430, dando acesso a São Joaquim e Bom Jardim da Serra. Ao leste, a SC-439 desce a serra chegando ao município de Grão Pará, ligação com a BR-101 em Tubarão. A oeste, SC-439 levando ao município de Rio Rufino.

Bairros e distritos
Águas Brancas
Baiano
Brasília
Canudo
Centro
Consolação
Feti
Santo Antônio
Santa Catarina
Santa Tereza
São José
São Pedro
Traçado
Vacas Gordas
Campestre
São Francisco
Rio do Engano
Rio dos Bugres
Rio Vacarianos

Localização de Urubici no Brasil
28° 00' 54" S 49° 35' 31" O
Unidade federativa: Santa Catarina
Mesorregião Serrana IBGE/2008
Microrregião Campos de Lages IBGE/2008
Municípios limítrofes Bom Retiro, Rio Rufino, Urupema, São Joaquim, Bom Jardim da Serra, Orleans, Grão Pará, Rio Fortuna, Santa Rosa de Lima, Anitápolis
Distância até a capital 167 km

Características geográficas
Área - 1 019,232 km² [2]
População - 10 702 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade - 10,5 hab./km²
Altitude - 915 m
Clima - subtropical Cfb
Fuso horário UTC−3

Indicadores
IDH-M - 0,785 alto PNUD/2000 [4]
PIB - R$ 109 164,253 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita - R$ 10 126,55 IBGE/2008[5]

Fonte: Wikipédia

Compartilhe!